quinta-feira, 3 de novembro de 2005

"Acabou Chorare" - Novos Baianos - 1972

Acabou Chorare, originally uploaded by Kalnaab.

O que dizer de uma banda que foi fundamental tanto para a nova mpb quanto para o rock nacional, que além da musica proporcionou uma lição de saber viver, que na sua comunidade deu significado como nunca a palavra liberdade, que criou um novo jeito de ser. Estamos falando dos Novos Baianos, de Moraes Moreira, Pepeu Gomes, Baby Consuelo, Paulinho Boca De cantor, Dadi, Jorginho Gomes e o poeta Galvão, entre outros, foram responsáveis pelo maior caso de amor da música com atitude no cenário nacional.

Depois de ter lancado um primeiro disco unindo o rock setentista com influências de mpb, “E Ferro na Boneca” de 1971, a banda lançou a obra prima “Acabou Chorare” em 1972, com influências do samba, sem esquecer o bom e velho rock, que foi apenas atenuado. Abraçaram o samba devido a uma visita de João Gilberto a sua comunidade e fizeram com tamanha maestria que até o próprio João aprovou. Nessa comunidade moravam todos juntos em um sitio, cada um tinha sua própria função, que ia de fazer o almoço a lavar as camisas do time de futebol, ensaiando, gravando, pensando, vivendo em completa harmonia como nos sonhos de um hippie ou beatnik qualquer.

O disco começa com "Brasil Pandeiro', samba antigo de Assis Valente recriado pelos baianos, passa por "Preta Pretinha" e a música titulo na parte Moraes Moreira do disco, avança pela beleza melódica de Baby em "A Menina Dança" (regravada pela Marisa Monte), pela incrível maestria de Paulinho Boca De Cantor em "Mistério do Planeta" e "Swing de Campo Grande", pelo show de Dadi e Jorge Gomes na instrumental "Um Bilhete para Didi", pela sacanagem geral do samba "Besta é Tu" , alem das competentes guitarras de Pepeu Gomes em "Tinindo Trincando".

Depois desse, ainda lançaram outros dois bons discos “Novos Baianos F.C” de 1973 e “Novos Baianos (Alunte)” de 1974, antes de seguirem seus próprios caminhos, deixando pra trás uma imagem de companheirismo e criatividade como nunca se viu por aqui. Como diz Galvão em das músicas da banda “...Era uma vez uma tribo brincando de paz e amor, enquanto o homem mandava à lua o disco voador, nem todos eram baianos, mas todos novos baianos, gerando ser, unindo arte e viver...”

Discaço.

3 comentários:

Anônimo disse...

Wow! What a great blog you made, I am really going to bookmark you right now!
If you like then have a look at be wealthy cause I want to help making you big profits and real cash!
Check it out if you want to earn big and easy ;-)

Anônimo disse...

China Reportedly Shuts Down Blog
Chinese authorities have blocked a pro-democracy Web log after it was nominated for a freedom of expression award by a German radio station, a press freedom group said Thursday.
Find out how to buy and sell anything, like things related to company construction mn road on interest free credit and pay back whenever you want! Exchange FREE ads on any topic, like company construction mn road!

Laura disse...

Esse texto sobre os Novos Baianos eu já havia lido em algum lugar, talvez um pouco diferente ou não (na realidade não lembro)... acho que no Portal Castanhal, não? Bem livre mesmo.
Qnt ao Rubem Fonseca, adorei a comparação com Ramones, completamente pertinente, rssss
Beijinhos Adriano