sábado, 9 de janeiro de 2010

"Zumbilândia" - 2010

Filmes de zumbis não são nenhuma novidade no cinema. Já foram explorados em produções caras ou em filmes B feitos na marra e na vontade, mas nunca saem de moda. “Zumbilândia” do diretor Ruben Fleischer é a mais nova produção olhando para essa área. Antes de um filme de terror (na verdade não chega nem a assustar, apesar de algumas cenas de sangue) é uma comédia que usa bem o humor negro para convencer e divertir.
Logo no começo o jovem Columbus (Jesse Einberg) aparece em um Estados Unidos com zumbis espalhados por todos os lados. Sem se preocupar em esclarecer como isso aconteceu mais detalhadamente (o que é um mérito, pois não enche a paciência e nem sai repetindo clichês), ele se preocupa somente em sobreviver. Para tanto, inventou algumas regras básicas, as quais sai contando enquanto as enumera e exemplifica na prática.
Na sua estrada encontra Tailahassee (um Woody Harrelson impecavelmente engraçado), que apesar das desconfianças iniciais acaba se juntando na luta da sobrevivência. Na verdade o personagem de Woody Harrelson é um eliminador de zumbis e mostra toda uma estrutura de forte e invencível, que como se vê lá na frente não é bem assim. Os dois, agora companheiros, estão bem armados e saem em busca de seus objetivos e destinos.
Tailahassee tem uma queda por um tipo de bolinho e toda vez que percebe a chance de conseguir algum, entra em qualquer roubada. Em uma dessas conhecem Wichita (Emma Stone) e Little Rock (Abigail Bresvin), duas trapaceiras que passam a enganar a dupla constantemente. Os nomes dos personagens todos são de cidades americanas e demonstram bem como as diferenças surgem no quarteto durante o decorrer da película.
Em 87 minutos, “Zumbilândia” cumpre bem o papel de divertir. Além de situações engraçadas, tem uma trilha sonora que conta com nomes como Metallica, Van Halen, Velvet Underground e Willie Nelson. Bill Murray também faz uma ponta como ele mesmo na sua mansão em Beverly Hills e adiciona mais bons momentos. “Zumbilândia” é daqueles filmes para ver sem pretensão em um dia perdido da semana e dar algumas boas risadas para alegrar a vida.

2 comentários:

Laura disse...

sacanagem, né? kkkk
não curto filmes de zumbi não, de uma forma geral
beiiiijo

mirandito disse...

muito loco acabei de ver e a trilha sonora e muito foda