terça-feira, 30 de setembro de 2008

"Ponto Enredo" - Pedro Luís e A Parede - 2008

Acompanho o trabalho do Pedro Luís e sua sempre revigorante A Parede , desde o seu ínicio lá no meio dos anos 90. De lá para cá o grupo produziu bons discos como “É Tudo 1 Real”, fez um belíssimo trabalho com Ney Matogrosso em “Vagabundo” e ainda é parte do núcleo central do Monobloco, um grande combo que reinventa sambas no carnaval carioca (e fora dele), promovendo cultura e farra por onde passam.
“Ponto Enredo” é seu novo disco e Pedro Luís continua junto com os seus comparsas Mário Moura, Sidon Silva, C.A. Ferrari e Celso Alvim, como também das dezenas de instrumentos que sempre o acompanham como: cuíca, ganzá, baixos, guitarras, violões, baterias, triângulo, caixas, repiques e muitos outros. “Ponto Enredo” enverga diretamente para o samba, apesar de não ser específico e ainda abraçar as demais estruturas sonoras da trupe.
Abre com “Santo Samba”, uma bela devoção para o estilo com os versos “vou cuidar de sambar/vou cantar pra valer/o samba é um santo remédio/pra quem quer viver”. Depois temos a faixa titulo, em que olha-se mais para o batuque afro, densa e mais pesada. Zeca Pagodinho chega para desenrolar um partido alto, com letra malemolente em “Ela Tem A Beleza Que Eu Nunca Sonhei”. Diversão garantida.
“Mandingo” em parceria com Roque Ferreira (responsável por muitos sucessos de Zeca Pagodinho) é outro samba, mais de roda, com bom trabalho de cavaco e letra divertida. “Repúdio” chega diferente, com um tom de crítica social e comportamental. “Animal” deixa o samba de lado e vem mais soturna, mais pesada. “Tem Juízo Mas Não Usa” é a bola da vez para levantar o astral. Típica canção do grupo, as guitarras falam mais alto, enquanto um samba funk passa pelo player.
“4 Horizontes” conta com o Lenine (que produziu o disco) participando no vocal e entrando na batida. “Cantinga” é mais um sambão de roda que joga tudo para cima, com Pedro dizendo “quero ser feliz/nas ondas do mar”. Depois temos a melhor canção do trabalho, a belíssima “Luz da Nobreza”, uma quase balada, parceria com o grande Zé Renato e com a Roberta Sá engrandecendo ainda mais, compartilhando os vocais.
Para fechar temos “Cabô”, com bom trabalho do cavaco em mais um samba. Em “Ponto Enredo”, Pedro Luís e A Parede, afirmam mais uma vez a excelência da sua carreira, produzindo um disco em que a música brasileira é homenageada ao mesmo tempo em que é transformada e misturada. Mais um bom trabalho para uma discografia calcada de boas canções e ritmos, sempre com pouquíssimo erros. Vida longa!
Site oficial: http://www.plap.com.br

5 comentários:

Laura disse...

Eu já disse que te adoro hoje? ehehehe. Nem sabia desse PLAP novo. Boa surpresa! Já vou correr atrás, até pq hoje estou precisando de música revigorante.
Quanto ao Camelo... Eu gosto dele, apesar desse CD parecer meio "preguiçoso" mesmo. Mas foi nesse CD dele, que eu tive a certeza que não vou gostar dessa Mallu Magalhães, nem se um dia escuta-lá de verdade. A voz da doida me irrita em uma música, imagina em várias. De 16 anos e boa, tem uma tal de Gabrielle Cilmi, que descobri faz pouco. Ouça aí. ;)
Beijocas para ti

Adriano Mello Costa disse...

A participação da Mallu ta desafinadissima mesmo...ehehehe
Bjos.

Mello disse...

Um dos melhores CD's de música brasileira que ouvi nos últimos meses. Fui ao show de lançamento e saí muito impressionado com o trabalho. O CD não decepcionou em nada, apesar de ser mais divertido ver A Parede tocar ao vivo, com toda aquela parafernália e batucada. As letras e composições estão afiadíssimas.

Alex Lima disse...

Olá adriano, sou Alex Lima, baixista da banda Destruidores de Tóquio, estaremos fazendo uma apresentação dia 29 de agosto no ensaio aberto, vai ser uma prévia do show do nosso novo álbum "O Avesso e O Avesso", se você puder aparecer por lá, será um grande prazer para nós. já tem duas músicas postadas no myspace da banda.
www.myspace.com/destruidoresdetoquio
Um abraço.3

Adriano Mello Costa disse...

Mello, o PLAP geralmente não decepciona. Bom pra gente :)

Olá Alex, vou ver se dá para ir lá, mas ja to entrando no my space para ouvir as musicas. Abs.