quarta-feira, 14 de dezembro de 2005

Bicho de Sete Cabeças

Bicho de Sete Cabeças, originally uploaded by Kalnaab.

Essa semana eu estava revendo “Bicho de Sete Cabeças” em DVD e cada vez que isso acontece percebemos o quão é fundamental esse filme. Baseado em fatos reais e que foi premiadíssimo em festivais da Itália, França e Suíça, o filme conta com uma grande atuação de Rodrigo Santoro (assim como em “Abril Despedaçado”), despachando de vez a historia que era apenas mais um rostinho bonito e com a excelente direção da estreante Laís Bodanski. É um verdadeiro tiro na cara da hipocrisia da nossa sociedade, um verdadeiro assassinato a demagogia que ainda toma conta do pensamento em geral.

Rodrigo, vive Neto um adolescente normal , que vive em Santos e que como outros da sua idade comete alguns pequenos delitos, nada grave demais, como usar brincos, pichar muros e fumar um cigarro de maconha de vez em quando. Isso é o bastante para que a sua família o interne em um manicômio, o que mudará sua vida pra sempre.

Não que concordemos que pichar muros seja bacana, pelo contrario achamos um completo desperdício de tempo, e nem que digamos que usar Drogas não faz mal, é claro que faz, mas existem outras drogas que também matam muito mais e são consumidas sem restrição alguma ,como o álcool. O que nos deixa indignados é um jovem que fuma um cigarro de maconha ser considerado louco, nocivo a sociedade ou coisas do tipo, essa hipocrisia sinceramente é demais. Já está provado que o diálogo em família, é a melhor saída nesses casos, que rende melhores frutos do que acabar com a vida de uma pessoa assim.

Depois que é internado e começa a sofrer tratamentos de choque e tomar mil e um remédios, Neto realmente enlouquece e passa a não ter mais vontades, não ter mais discernimento sobre as coisas e vê sua vida cada vez mais sentido e sem razão de existir. Filmaço pra você refletir bastante, pensar bem a respeito de alguns conceitos. Além de tudo o filme ainda conta com a trilha sonora competentissima do Arnaldo Antunes ( já pensou alguém melhor pra esse filme? ).

2 comentários:

Anônimo disse...

Eu nao li por falta de tempo, depender de cyber é uma porcaria... ahnnn!
Adoro esse filme. Se quiseres te empresto o livro no qual ele foi inspirado, eu tenho e bem bacana.
Estou com saudades.
Beijinhos

Laura disse...

fui eu aí em cima...rsss